Infelizmente não efetuamos envios para o seu país.

SERVICE CHAT TALK TO THE PEOPLE THAT BUILD YOUR BIKE:

CHAT IS NOT AVAILABLE RIGHT NOW. WE WILL BE BACK ONLINE SOON.

Estaremos novamente disponíveis Segunda a partir das 09h00. Envie-nos um e-mail.

VCLS POST 2.0

Quem é que ainda não passou por esta experiência? Quanto mais longa a volta, maiores os efeitos no corpo. As vibrações, que passam da estrada para o corpo do ciclista, são responsáveis pelo cansaço dos músculos. A área de contacto mais sensível entre o ciclista e a bicicleta é o selim, ou melhor, o espigão do selim, que suporta 70% do peso do ciclista. De forma a minimizar estas vibrações, os músculos das costas e pernas são expostos a uma pressão extrema e, como tal, existe uma consequente perda de força, necessária para a propulsão. A conceção do novo VCLS Post 2.0 é o resultado da cooperação entre a equipa de desenvolvimento da Canyon e dos peritos em ergonomia da Ergon, que conseguiram melhorar significativamente e com sucesso, as características de amortecimento do selim, bem como reduzir a quantidade de vibrações, filtrando até 18% mais em comparação com os espigões convencionais. O aumento de conforto não é apenas mensurável, mas é também notável. Deste modo, os músculos são aliviados da pressão e o ciclista sente-se significativamente melhor, tendo um melhor desempenho durante mais tempo.

 

Mecanismo patenteado – 220g de peso – 100% isento de manutenção
O sistema representa a revolução na tecnologia de espigões. O princípio de funcionamento do VCLS Post 2.0 é baseado em duas molas paralelas e independentes, com um aperto de espigão flutuante. O design é a excelente combinação entre uma construção leve, flexível, capacidade de suporte de carga e rigidez de torção.

Disponível para entrega. Compre aqui.>>

(da esquerda para a direita) Erik Zabel, Sebastian Jadczak (Gestor de Produto) e Lutz Scheffer (Designer) examinando uma bicicleta equipada com a tecnologia de medição 2-D.

(da esquerda para a direita) Erik Zabel, Sebastian Jadczak (Gestor de Produto) e Lutz Scheffer (Designer) examinando uma bicicleta equipada com a tecnologia de medição 2-D.

Quando se sentem os saltos na estrada, os 20mm de curso e a excelente direção de defleção garantem a melhor absorção dos choques possível. Tudo isto com um peso de 220g e 100% isento de manutenção. É o fletir das duas molas flexíveis VCLS, feitas em materiais compósitos de carbono, que tornam que seja possível. Os rolamentos deslizantes do espigão, duráveis, leves e de reduzida manutenção, asseguram que as molas tenham liberdade para fletir paralelamente. O aperto do espigão flutuante garante que o nível do selim permaneça significativamente mais baixo do que na suspensão dos espigões convencionais quando a mola flete.

Além disso, o Flip Head permite um ajuste do selim em 12mm. O nível do selim é fácil de ajustar, bastando deslizar as duas molas para cima e para baixo, uma contra a outra. Assim que a posição ideal for adquirida, basta apertar a extremidade do espigão, segurando ambas as molas firmemente na posição desejada. Menos stress para o corpo e maior eficácia: o VCLS Post 2.0 eleva o conceito de conforto em corrida a um nível totalmente novo. O VCLS Post 2.0 é standard em todos os modelos ES (Ergospeed) e é também um extra opcional em todas as bicicletas de estrada Canyon (exceto em modelos Aeroad).

Pure Cycling.